A Árvore é Nossa!

Amigos do bairro de Coqueiros, em Florianópolis, nosso relato de hoje partiu de comentários dos próprios moradores.

Perplexos com a possibilidade da retirada da árvore da vida, que encanta e protege do sol a Avenida Max de Souza, nos procuraram para melhores detalhes.

Como ainda não temos informações oficiais, resolvemos ir ao local e clicar a avenida com a árvore.

arvore coqueiros florianopolis
Foto Viva Coqueiros. 

Para você ter uma ideia de como ficará o bairro de Coqueiros e a avenida que todos passamos, sem a nossa árvore, manipulamos a imagem.

Na foto abaixo, retiramos a árvore e outras árvores do terreno à esquerda, onde será construído um edifício. Portanto, não teremos mais a vista das árvores localizadas naquele terreno também.

Eis a vista árida que teremos.

arvore coqueiros florianópolis

Triste realidade que se apresentará, caso retirem o nosso verde.

Justificativa do porquê da retirada da árvore: ela está com as raízes muito extensas, causando danos à pavimentação da rua. 

Passamos de carro pela avenida, em frente à arvore. Não há nenhuma saliência que justifique  que a raiz está prejudicando a passagem.

Todas as cidades do mundo estão investindo na natureza, e na integração da mesma às áreas urbanas. É imprescindível para a saúde, o bem-estar físico e psicológico, e ainda o ecossistema animal e vegetal, que áreas verdes sejam preservadas. Em Coqueiros, note bem, temos poucas árvores, e ainda querem retirar as que restam.

Pra você que está nos lendo agora, opine aqui no blog: como poderemos solucionar isso, sem que haja a retirada de árvores na nossa região?

Sim à natureza!

Sim à vida!

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

 

 

15 comentários em “A Árvore é Nossa!

  1. Para quem se interessa pela causa, vale ficar atento ao iminente desmatamento do último remanescente de Mata Atlântica que se localiza entre a Vila Aparecida e a Rua Cel. Ivan Dêntice Linhares. A área estava, há pouco, zoneada integralmente como APP mas através de uma manobra política os interessados alteraram parte do zoneamento da mesma para APL quando das últimas alterações do Plano Diretor, o que dá margem para a supressão da já diminuta área de mata nativa do local. É o único habitat que resta na região para uma fauna composta por invertebrados, aves diversas, pequenos mamíferos, dentre outros grupos animais. Quanto a criação de uma Unidade de Conservação (ARIE?) no local, se não “rolar pressão” da comunidade do Bairro, a ideia tende a cair em esquecimento.Fiquemos atentos!

    1. FUI Á REUNIÃO NO IFSC PARA DISCUSSÃO DO PLANO DIRETOR E REINVIDIQUEI JUSTAMENTE SOBRE A FALTA DE ÁRVORES NAS RUAS DO NOSSO BAIRRO E DE TODOS OS OUTROS DO CONTINENTE, ESTOU AGUARDANDO RESPOSTAS. MAS A CULPA É NOSSA POIS ESTAMOS MUITO APÁTICOS. HÁ MUITA COISA ERRADA ACONTECENDO E NÃO VEJO NADA SER FEITO.

  2. Estamos juntos!!! Não podemos permitir que derrubem uma árvore …já não chega o que estão fazendo na Av.. Almirante Tamandaré?

  3. Eu não aceito a retirada da árvore e creio que a maioria dos moradores também não aceitem. Sou a favor da revitalização e padronizacao das calçadas para o acesso de pessoas com deficiência física porém sem dano as pouquíssimas áreas verdes que temos em nosso bairro.

  4. Se alguem conhecer ou tiver acesso a um Botânico seria interessante envolve-lo pois teriamos informações e soluções e alternativas com respaldo tecnico.
    Vou procurar e tentar ajudar .
    André morador de Coqueiros a 55 anos.

  5. Sra. Leonor, árvores devem ser preservadas. A desculpa de que está prejudicando os cadeirantes não procede, pois toda a via está inadequada para cadeirantes, nossas calçadas não são planas, estão cheias de buracos, e em desnível. Em muitas capitais as prefeituras incentivam a conservação das árvores em frente aos imóveis, inclusive, oferecem descontos no IPTU para os cidadãos conscientes da importância do verde. No mínimo, a polêmica árvore deve ter uns 50 anos. É inaceitável o corte da mesma. O fato da árvore não ser nativa é questão de somenos. Eu sou moradora do bairro, a árvore exuberante é importante para mim, portanto, não concordo com a eliminação da mesma, e pretendo lutar por ela.

  6. Bem me parece que esta se falando da árvore em frente a Floricultura Indaiara, cujas raízes alteram a calçada e impedem a passagem de cadeirantes. Trata-se de um Ficus(que não é árvore nativa) e que esta invadindo a calçada.

    1. E QUE É UMA DAS ÚNICAS EM TODA A AVENIDA! QUANDO PASSO ALI TENHO A SENSAÇÃO DE ALÍVIO…..DE TER UM VERDE. É UMA VERGONHA ESSAS RUAS TODAS SEM ÁRVORES. PELO SEU SOBRENOME (Schroeder), VEJO ATÉ QUE É UMA DESCENDENTE DE ALEMÃES. PELE CLARA….UMA GRANDE CANDIDATA A TER UM CÂNCER DE PELE! NÃO TEMOS PROTEÇÃO NATURAL DAS ÁRVORES…ISSO AINDA VAI SER UMA CALAMIDADE PÚBLICA! E NÓS NÃO FAZEMOS NADA. PRESERVAR ESSA ÁRVORE É O MÍNIMO QUE PODEMOS FAZER!!!!!!!!

  7. Não podemos aceitar de forma alguma. Vamos fazer um abaixo assinado no Parque de Coqueiros para evitar este absurdo – manifestação em volta da árvore – chamar a TV com o Edsoul. Envolver o Pedrão e a Beatriz para ajudar a comunidade.
    Grata.

Deixe uma resposta para Janete Silveira Cancelar resposta