Quem é daqui faz assim: Faixas de Pedestres

Domingo, antes das 8h da manhã, Coqueiros começava a acordar. Poucas bicicletas na ciclofaixa, alguns moradores na padaria, para pegar a primeira fornada, outros na banca de revistas do Alex, lendo as manchetes dos jornais, e um sol que prometia brilhar no bairro. Quase nenhum carro nas ruas. Estávamos caminhando, quando notamos o que poderia ser um mote para uma campanha de conscientização e cidadania.

Duas senhoras paradas de um lado da Avenida Max de Souza, em frente à Igreja, prontas para atravessar. Dois carros que vinham do outro lado da avenida, param, acionam o pisca alerta e, sem pressa, aguardam as senhoras finalizarem seu trajeto.

Faixa de Pedestres Coqueiros Florianópolis

O que tem isso de tão espantoso, você irá perguntar?

Provavelmente, nada. Mas, sabendo das ruas desertas, frequentemente os motoristas não param para os pedestres atravessarem, com a justificativa de que não há carro que venha atrás e, portanto, os pedestres poderiam atravessar tranquilamente após os carros passarem. O caso que vimos foi exatamente esse: não havia carros atrás desses dois carros da foto. Aliás, não havia carros passando nesse início de manhã de domingo. Mesmo assim, os dois carros pararam para as senhoras atravessarem.

Para iniciar nossa campanha de conscientização e cidadania, pensamos no bom senso.

Bom senso é, basicamente, a capacidade intuitiva que as pessoas tem de fazer a escolha certa e agir conforme essa escolha. Portanto, encontrar um meio termo razoável e optar pela melhor conduta em situações específicas é um ato de sensatez. E foi o bom senso dos motoristas aqui da foto que fez com que escolhessem parar os carros para as senhoras atravessarem, mesmo sabendo que não havia carros nas ruas, e que as senhoras poderiam esperar eles passarem, para atravessarem.

Veja algumas leis que poderão ser incorporadas por você além, é claro, de se utilizar do bom senso:
  • Artigo 70: …”os pedestres que estiverem atravessando a via sobre as faixas delimitadas para esse fim terão prioridade de passagem, exceto nos locais com sinalização semafórica, onde deverão ser respeitadas as disposições deste código.” Acrescenta ainda em parágrafo único que “… nos locais onde houver sinalização semafórica de controle de passagem será dada preferência aos pedestres que não tenham concluído a travessia, mesmo em caso de mudança do semáforo liberando a passagem dos veículos.”

O Código de Trânsito Brasileiro prevê que os pedestres tem prioridade. Se as pessoas se conscientizarem disso, andar pelas ruas não será tão perigoso. Quando estiver dirigindo, você deve:

– Dar prioridade ao pedestre que iniciou a travessia na faixa.

– Parar assim que as pessoas começarem a atravessar na faixa de pedestres.

– Reduzir a velocidade ao se aproximar de um cruzamento.

– Acionar a seta, com antecedência, antes de fazer uma conversão.

– Parar sempre no sinal vermelho, quando houver semáforo.

– Esperar o pedestre terminar de passar mesmo com o sinal abrindo.


Colaboração dos moradores

Colaboração do morador Hilton Antonio Geviéski.
Colaboração do morador Hilton Antonio Geviéski.

 

Bem, amigos de Coqueiros, esperamos que essa matéria tenha sido útil, e que nos faça pensar no bem comum, nos outros e na melhor maneira de convivermos aqui no bairro. Caso tenha uma foto de uma atitude de bom senso, que faça jus à campanha Quem é daqui faz assim, envie para floripacoqueiros@gmail.com e vamos tornar a nossa vida melhor, com um bairro que presa a natureza e a convivência entre pessoas. E não esqueça de optar, sempre, pelo bom senso.

Viva Coqueiros! Por inteiro. Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

7 comentários em “Quem é daqui faz assim: Faixas de Pedestres

  1. E quando os carros estacionam encima da faixa e ainda deixam as portas abertas,tanto p a rua e também para a calçada?Fazendo com que tanto motoristas quanto pedestres tenham que desviar?Experimentem passar na rua Abel Capela com Max de Souza.E vejam o desrespeito.Batam fotos,se possível.É inacreditável,mas acontece e bastante.

  2. No meu Bairro as pessoas se cumprimentam…
    No meu Bairro as pessoas param para conversar…
    No meu Bairro as pessoas gostam de curtir o parque…
    No meu Bairro os motoristas privilegiam os pedestres…
    No meu Bairro os motoristas dirigem em baixa velocidade por respeito as Escolas e transeuntes….
    Sabem onde?
    Coqueiros!

Deixe uma resposta