Ponte do Brooklyn como Inspiração – na coluna de Beatriz Kauduinski Cardoso

Por Beatriz Kauduinski Cardoso *

Estou hoje em Nova York de férias, fisicamente longe de Coqueiros, mas próxima de vocês pela tecnologia e firme no meu compromisso semanal aqui no blog.

Viajar nos permite descanso do dia-a-dia, divertimento e principalmente aprendizado sobre outras culturas, o modo de vida nos lugares visitados, suas histórias e seus bons exemplos. Uma experiência da viagem que escolhi para os leitores do Viva Coqueiros foi o passeio que fiz atravessando a ponte do Brooklyn a pé. Foi incrível caminhar pela bela ponte, encontrar pessoas do mundo todo e apreciar a mais bela vista da paisagem da cidade.

Ponte do Brooklyn inspiração para Coqueiros Florianópolis

Notei que além de turistas, muitos moradores usam a ponte como meio de travessia entre Manhattan e o bairro do Brooklyn. Executivos, esportistas e estudantes transitam pela passarela para pedestres e ciclistas, com segurança e conforto. Observa-se a conservação impecável de toda a estrutura da ponte que tem 1834 metros e foi inaugurada em 1883.

Estrutura da Ponte do Brooklyn

Que bom seria se as nossas pontes de ligação Ilha-Continente nos permitissem algo semelhante! Atravessar a Ponte Colombo Salles caminhando ou pedalando poderia ser uma atividade corriqueira para nós que moramos em Coqueiros, mas a única passarela existente não tem conexões com os outros modais e as condições de conservação e segurança são lastimáveis, tornando a travessia insegura e uma verdadeira aventura. Poucos esportistas se arriscam a passar pelo local e existem florianopolitanos que sequer conhecem a existência da passarela. Vamos imaginar que pudéssemos transitar por passarelas seguras que nos levassem até o centro de Floripa e como seria se fôssemos trabalhar ou fazer compras usando este acesso, diminuindo o número de carros nas ruas, caminhando e apreciando a paisagem, encontrando vizinhos e turistas pelo caminho. Este não pode ser um sonho distante! Acredito que seja bem possível se for da vontade de nossos gestores públicos.

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS
Foto: Charles Guerra / Agência RBS

Eu vejo as pessoas chegando ao nosso bairro, ao Parque de Coqueiros e à Via Gastronômica, andando ou pedalando pela ponte. Esta poderá ser uma ótima opção de mobilidade e uma bela atração turística, vocês não acham?

Nova York, 14 de agosto de 2014.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Beatriz Kauduinski Cardoso
* Beatriz Kauduinski Cardoso, graduada em Ciências Contábeis pela UFSC, especialista em finanças pela FEPESE/UFSC, especialista em Gestão Urbana e Habitacional pela ÚNICA/ESAG, Mestre em Engenharia Civil pela UFSC na área de Gestão Urbana. Colaboradora da Caixa Econômica Federal desde 1989, com atuação na área de desenvolvimento urbano, especialmente em habitação. Vereadora suplente em Florianópolis, liderança comunitária do Continente e secretária da Associação de Moradores de Coqueiros. Escolheu Florianópolis para morar há 28 anos, casada, mãe de 2 filhas. Morou por 3 anos em Coqueiros no início dos anos 90 e há 10 anos voltou de  vez!  Acredita nas pessoas, que cada um tem algo para contribuir com o bem de todos. Acredita na força do gesto, da iniciativa, da doação sem interesse particular. Acredita num mundo melhor! Não desiste nunca!

 

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina, Brasil.

Siga o blog do Viva Coqueiros e receba, em primeira mão, as matérias publicadas aqui. Todas as segundas, a coluna da Beatriz estará na ativa, para falar de Coqueiros e região, e de temas diversos sobre a nossa vida.

Deixe uma resposta