Corpo de Cão é Encontrado Enterrado na Praça da Ilhota

Pessoal, recebemos a informação de uma moradora que passeava na Praça e Marina Ponta da Ilhota, no bairro de Coqueiros, em Florianópolis, que um cão de porte grande e pelo preto foi encontrado morto e enterrado na areia da praia.

Corpo de cão encontrado enterrado na Praça da Ilhota em Coqueiros Florianópolis

O estado de putrefação em que se encontrava colocou em risco as pessoas, crianças e cães que passeiam no local. O maior problema é com o necrochorume, que é o líquido provocado pela decomposição de cadáveres que pode se infiltrar na areia da praia e  atingir lençol freático. O necrochorume é formado por substâncias tóxicas, como a putrescina e a cadaverina que, liberadas do corpo em decomposição, transmitem doenças como a hepatite A, tuberculose e escarlatina.

Veja na imagem abaixo o local em que o cão foi enterrado, e a sua proximidade com o mar.

Corpo de cão encontrado enterrado na Praça da Ilhota em Coqueiros Florianópolis

Para saber mais, a USP realizou uma pesquisa sobre o tema em Carcaça de animal é fonte potencial de contaminação da água e solo.

Caso você tenha conhecimento sobre esse tema, quais são as atitudes que o dono deve tomar sobre o destino do corpo do pet, no seu falecimento? Comente aqui para que mais pessoas sejam informadas sobre os procedimentos corretos e a quem devem procurar.

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina.

 

Um comentário em “Corpo de Cão é Encontrado Enterrado na Praça da Ilhota

  1. Perdi minha cachorra faz poucos meses. Na clínica veterinária localizada em coqueiros fomos informados de que poderíamos fazer o enterro em algum terreno (casa de praia, sítio, terreno de amigo ou familiar) ou realizar a cremação no crematório em balneário camboriú.

    Optamos pela cremação. Mas caso os donos não tenham condições de realizar a cremação a opção sugerida pela clínica seria entrrrar em algum terreno. Imagino que no caso desse animal os donos sem ter outra opção talvez por morar em apartamento ou por outro motivo, escolheram a praia.

    A veterinária disse que antigamente existia um serviço da prefeitura para coleta de corpos de animais mas que atualmente o serviço está indisponível. Eu não sei qual é a realidade na nossa cidade e no bairro, repasso apenas informações que recebi em junho de 2014.

Deixe uma resposta