Coqueiros são plantados na Praia do Meio em Florianópolis

Coqueiros na Praia do Meio

Iniciamos o ano com mais verde, aqui no bairro de Coqueiros, em Florianópolis.

A Praia do Meio, localizada na região central do bairro, acaba de receber coqueiros, plantados nos canteiros.

O registro foi feito pelo morador e frequentador assíduo da Praia do Meio, Flavio José Filippon, que declarou a sua satisfação em uma mensagem no Facebook.

Coqueiros na Praia do Meio

Mais verde, mais vida

Esse é o lema do Viva Coqueiros, que busca a qualidade de vida em ações de preservação do meio ambiente.

Coqueiros são plantados na Praia do Meio
Foto: Flavio José Filippon

 

Valeu pelo registro, Flavio Jose Filippon e sua turma!

Agora, pessoal, todos tem que cuidar para que esses coqueiros cresçam fortes, e que garantam, com sua beleza, um local ainda mais agradável, como sempre foi a Praia do Meio.

 

Coqueiros plantados na Praia do Meio
Flavio e sua turma, na Praia do Meio

 

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis. Santa Catarina.

 

6 comentários em “Coqueiros são plantados na Praia do Meio em Florianópolis

    1. Pois é, Hilton, e isso que Coqueiros são Palmeiras também.

      Mas, sua melhor contribuição foi a que conseguiu associar as palmeiras e coqueiros plantados no Parque de Coqueiros, e que sobreviveram, graças aos cuidados que a antiga administração do Parque teve. É por aí o caminho. Como se cuida de palmeiras ou coqueiros, para que o vento sul não acabe com eles?

  1. Parabéns pela iniciativa, porém, lamentavelmente, já sabemos que não vão resistir, pois o vento forte as castiga até morrerem, todas as tentativas anteriores foram frustradas. Essa cultura de plantar coqueiros e palmeiras na beira mar é cara e com mui pequenos resultados.

    1. Sim, Ana, já vimos que há um ano atrás foram plantados coqueiros ou palmeiras, no mesmo lugar. O problema é que são plantados e esquecidos, sem cuidados. Por isso, no final de nossa postagem, escrevemos que devemos cuidar para crescerem fortes. Sem cuidado, só mato vinga. Você pode ajudar a cuidá-los? Como? Abraços!

Deixe uma resposta para Ana Maria Schirmer Cancelar resposta