Pescador da Praia do Meio pesca o peixe mais venenoso do mar brasileiro

Pessoal, hoje tiramos a manhã para fazer trilhas nas pedras da Praia do Meio, aqui no bairro de Coqueiros, em Florianópolis. A intenção era coletar algumas fotos bacanas do nosso paraíso para publicar nas nossas redes sociais: no nosso Facebook, no Instagram e no Twitter.

Mar da Praia do Meio em Coqueiros Florianópolis

 

Mas, o que ocorreu foi uma surpresa, e quando estávamos escrevendo no Facebook, resolvemos parar para publicar aqui no blog do Viva Coqueiros!

A frase era a seguinte: “Bom dia, Coqueiros! Hoje peregrinamos pelas pedras, até encontrar o mar. Em um episódio contextual, como é a própria trajetória da vida, encontramos um pescador com sua tarrafa, em cima das pedras, olhando para o mar. Ele desceu, pulou pedra por pedra e chegou ao mar. De longe, ainda, avistou um cardume. Acompanhando o seu olhar, também vimos o cardume. Lentamente, pé por pé, foi em direção aos peixes. Nós estávamos prontos para o clique, aguardando o momento da tarrafa ser lançada. Sim, ela acabou de ser lançada e… prendeu em uma pedra!”

Pescador da Praia do Meio pesca peixe mais venenoso do mar brasileiro

O pescador lançou a tarrafa e o clicamos, certos de que viria um cardume bom em sua rede.

Pescador da Praia do Meio pesca o peixe mais venenoso do mar brasileiro

Saímos do local, ao ver que a tarrafa ficou presa na pedra.

Fomos ao encontro de um grupo de pessoas e começamos a conversar, quando chega o pescador, com a tarrafa longe do corpo:

Desse peixe, quero distância, é o peixe mais venenoso do mar brasileiro. E atirou ao chão o peixe, na frente de todos.

peixe mangá

Realmente, o Manguá, ou Mangaguá, ou Peixe -pedra, da família do Peixe-escorpião, é o que tem o pior efeito colateral no corpo humano: seu veneno, contido nas nadadeiras dorsais provoca imensa dor, paralisia, falta de ar e taquicardia. Sim, fomos pesquisar para saber 🙂

O pescador falou:

Já fui atingido por um peixe Manganguá e fiquei imobilizado: bagre e arraia são fraquinhos perto desse.

Então, pessoal, em uma votação entre os presentes com a proposta de “devolve ao mar” ou “não devolve”, acabamos vencendo, e o peixe foi devolvido.

Peixe manganguá

Bem, era pra ser somente uma foto de “bom dia” em nossas redes sociais, e virou uma matéria aqui pro Viva! O melhor é tentar se prevenir, pois essa espécie habita nossos mares. Se você for pescar, se estiver com seus filhos nessa pescaria, cuidado!

Pescaria na Praia do Meio
Pai e filha em pescaria na Praia do Meio

Boas pescas pra todos! E com cuidado!

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina.


 

Mais sobre a Praia do Meio

Garça segue pescador na Praia do Meio em Coqueiros

Obra-prima é exposta na Praia do Meio

Viva Coqueiros apresenta: como limpar um peixe em 47 segundos


 

Siga o blog do Viva Coqueiros e receba, em primeira mão, as matérias publicadas aqui.

É permitida a reprodução total ou parcial deste conteúdo desde que preservada a fonte:http://www.vivacoqueiros.com


 

Um comentário em “Pescador da Praia do Meio pesca o peixe mais venenoso do mar brasileiro

  1. Coqueiros é muito bom, mas não é o paraíso, né? Não conhecia esse malvado, nem aconselho ninguém a pescar na praia. Ela é ótima para admirar, mas não tenho coragem para comer algo retirado dela, pois é poluída, infelizmente

Deixe uma resposta