Novo golpe para roubos no bairro de Coqueiros

Pessoal, recebemos uma mensagem de um morador do bairro de Coqueiros, em Florianópolis, que nos procurou para alertar a comunidade sobre um novo golpe que um sujeito está praticando aqui na região.

Novo golpe para roubos no bairro de Coqueiros
Imagem meramente ilustrativa. Foto: Viva Coqueiros

Hoje minha mãe me disse que estão dando um golpe no bairro.

Um cara diz que a gasolina do carro terminou e que precisa de carona. Felizmente, nos dois casos que escutei, as pessoas já sabiam que era golpe e a história não se desfechou. Mas acredito que seria legal divulgar isso no Viva Coqueiros para as pessoas ficarem atentas.

Então, pessoal, aqui está a informação para que a gente fique ligado com esse e outros golpes que acontecem em Coqueiros e região.

Curta nossa página no Facebook

Como sempre indicamos, o bairro mudou, o bairro cresceu e, com ele, as situações de risco que corremos também estão maiores.

–  Moradora de Coqueiros é amarrada e assaltada em sua casa

– Sequestro relâmpago em Coqueiros


Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina.

Siga o blog do Viva Coqueiros e receba, em primeira mão, as matérias publicadas aqui. 

É permitida a reprodução total ou parcial deste conteúdo desde que preservada a fonte e seu link seja ativo para http://www.vivacoqueiros.com

5 comentários em “Novo golpe para roubos no bairro de Coqueiros

  1. Ele se intitula Avatar, por conta das orelhas “de abano”.
    Sempre fa alguma relação com trabalhar na UFSC.

  2. Gente, como havia comentado em outra matéria, acredito que esse seja o homem que abordou ontem a mim e meu esposo na saída do parque de Coqueiros. Veio com a conversa de uma carona para a esposa e seus dois filhos. Ele era alto, magro, cabelo claro e usava aparelho nos dentes. Muito cuidado com caronas!

  3. Também tentou comigo em frente a antiga videoteca e cineburguer, a mesma coisa, de 4 reais pro vagabundo pela historia triste, e ainda saiu reclamando q eu não quis dar uma carona. Fiquei puto e quase pedi o dinheiro de volta, mas pensei… eu fiz o que acho certo, nunca sabemos se é verdade ou não.

    Esse mesmo alto magro.

  4. Acredito que seja o mesmo que me abordou. Ele havia me abordado há um ano. No dia 13 de julho deste ano por volta das 20 horas o sujeito estava no BB da Almirante Tamandaré fingindo que mexia no caixa eletronico. O papo foi o mesmo do ano passado. Dizia que o filho deixou a chave do carro cair no boeiro. Pediu dinheiro e uma carona! Da outra vez ele tentou entrar no meu carro. É um sujeito alto, magro e cabelo claro.

    1. Ontem esse mesmo cara me abordou no ônibus. Pediu dinheiro pra pegar ônibus de volta não sei pra onde, dizendo que a chave do carro dele caiu no bueiro, q tinha q ir pegar pq o filho dele Tava no hospital, achei a história sem pé neim cabeça. Falei que não tinha nada. Q pagaram minha passagem. Ele desceu no mesmo ponto que o meu, porém tinha uma igreja em frente, e já fui conversar c o segurança da igreja e esperei o cara ir embora. Tinham que prender esse cara. Reconhece ele de longe. Alto, magro, cabelos claros, barba, aparelho nos dentes. Acredito que seja o mesmo.

Deixe uma resposta