Prefeitura retira a pintura de PARE no acesso da Ponte a Coqueiros

Hoje à tarde, por volta das 17h, a Prefeitura Municipal de Florianópolis retirou a inscrição “PARE” na via de acesso que vem da Ponte Colombo Salles para o bairro de Coqueiros.

Prefeitura retira a pintura de PARE no acesso da Ponte para Coqueiros

O Presidente da Associação dos Moradores da Praia de Itaguaçu, Meio e Saudade (Ampims), Marquinhos da Silva, foi o responsável por alertar a Prefeitura sobre o equívoco, enviando um ofício com as justificativas sobre as consequências que essa ação poderia causar aos motoristas.

Hoje à tarde, o Secretário de Obras da Prefeitura, Rafael Hahne, executou a retirada do “PARE”, auxiliando na pintura de uma faixa de tinta preta em cima da inscrição. Conforme Marquinhos, a ação em si foi resolvida mas, mesmo assim, alerta que os motoristas, principalmente os motociclistas, devem tomar cuidados pois, com chuva, a tendência de derrapagem é grande.


 

Essa foi mais uma ação em que as pessoas fizeram a diferença. Foram milhares de visualizações da matéria Pintura de PARE na entrada de Coqueiros poderá causar sérios acidentes e mais milhares de visualizações na nossa página do Facebook. Veja lá os comentários das pessoas que fizeram a diferença e modificaram essa ação.

 


Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina.

Siga o blog do Viva Coqueiros e receba, em primeira mão, as matérias publicadas aqui. 

É permitida a reprodução total ou parcial deste conteúdo desde que preservada a fonte e seu link seja ativo para http://www.vivacoqueiros.com

Um comentário em “Prefeitura retira a pintura de PARE no acesso da Ponte a Coqueiros

  1. O presidente da associação poderia encaminhar um pedido o orgão responsável para que haja maior fiscalização e aplicação de multas aos motoristas que param os seus carros em frente a Panificadora Princesinha (embaixo da sinalização de proibido estacionar, apenas ligando o pisca-alerta, como se isso tornasse os seus carros invisíveis), pois isso gera um transtorno enorme no trânsito da região todos os dias, desde sempre.

Deixe uma resposta