Rottweiler atropelado agoniza e morre no bairro Coqueiros

Pessoal, recebemos um relato de um morador sobre um caso cruel que foi assistido por algumas pessoas que se encontravam em frente ao Parque de Coqueiros, no bairro Coqueiros, em Florianópolis.  Segue ao relato uma análise de como melhorar alguns atendimentos.

Rottweiler atropelado agoniza no bairro Coqueiros em Florianópolis

A bela cadela Jade, uma Rottweiler, fugiu da residência na madrugada de sábado, 08 de agosto, foi atropelada por volta das 03h30 e agonizou até por volta das 07h30, quando deu seus últimos suspiros na calçada fria da Av. Engenheiro Max de Souza, próximo ao Parque de Coqueiros. Durante a minha trajetória de vida tive a oportunidade de presenciar muitos seres vivos, racionais e irracionais, nesta situação. No mais das vezes, sempre consegui dar o encaminhamento devido ao acidentado. Florianópolis é a terra do já teve ou do jamais terá. Explico o porquê. Algumas pessoas presentes ao local tentaram diversas posturas para socorrer o animal agonizante, mas todas as tentativas resultaram infrutíferas. Pela ordem, guarda municipal, polícia ambiental, bombeiros, central regional de emergência da polícia militar e, por último, a mais badalada de todas quando da sua criação o “SAMUVET”. “Tudo para inglês ver”. Vamos nos ater à questão canina. Centro de Zoonoses da Prefeitura Municipal de Florianópolis, onde em tese, deve estar vinculado o famoso e inoperante “SAMUVET”. Diz a lenda que para acioná-lo devemos fazê-lo por intermédio do tri dígito de emergência 190 da Polícia Militar. A CRE 190 da PMSC me atendeu imediatamente, registrou a ocorrência, porém, informou que o “SAMUVET” possui restrições de atendimento, tais como, dias, horários, situações emergenciais específicas, ou seja, simplesmente não funciona. O retrato do abandono da questão canina da Capital pode ser visto diuturnamente por todos os cantos do município. Não existe uma política pública para o controle da população de patudos. Lamentável! Sob a minha ótica profissional, um cão solto na rua constitui-se numa questão de quebra da ordem pública, mais especificamente no campo da salubridade pública que envolve as questões de saúde pública, bem-estar social e acima de tudo a dignidade da pessoa humana. Att. – F.S.

Para compreendermos mais sobre esse tema, solicitamos ao informante a sua opinião de como poderemos resolver casos como esse.

No meu entendimento, a solução seria a efetivação do serviço SAMUVET em plenitude, atendendo a todo o município durante 24h com equipes de plantão capazes de dar conta do serviço. Tal atitude por parte dos gestores municipais evitaria a nossa inoperância no atendimento da ocorrência, bem como, minimizaria o sofrimento do animal que agonizou por quatro horas sem assistência. Uma cão de 60 quilos, jogado no meio da via, podendo causar novos acidentes naquele local. Situação constrangedora e bastante desagradável para o Século XXI.

O que você acha dessa situação? Já passou por um contexto semelhante? Como poderemos melhorar a vida de todos, humanos e animais?

Curta a página do Viva Coqueiros no Facebook


 

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina.

Siga o blog do Viva Coqueiros e receba, em primeira mão, as matérias publicadas aqui.

É permitida a reprodução total ou parcial deste conteúdo desde que preservada a fonte e seu link seja ativo para http://www.vivacoqueiros.com


 

14 comentários em “Rottweiler atropelado agoniza e morre no bairro Coqueiros

  1. eu teria chamado um veterinário, n iria ficar mais pobre por causa disso e teria feito um auê c esta empresa n teria deixado a coitadinha sofrer desta forma q gente sem sensibilidade. Já fiz isso uma vez.

  2. O SAMUVET, foi sem sombras de dúvidas uma excelente ideia. Porém, não é algo que interesse aos que regem o município. Quando anunciada a implantação do serviço, todos acharam maravilhoso, mas esqueceram de anunciar o fim! Muitas pessoas ligam para o 190 informando sobre animais atropelados, em estado de abandono e debilitados, gera-se a ocorrência, mas não há continuidade do ato, para-se ali. Não há serviço pra acionar, não há SAMUVET, de fato!

  3. ESTE CÃO DEVERIA TER DONO PORQUE ESTE DESUMANO NÃO SOCORREU O ANIMAL SE FUGIU VAI ATRAIS ATE ENCONTRAR MAS NÃO ESPERAR QUE OS OUTROS FAÇAM O ATENDIMENTO POBRE DESTE CÃO NAS MÃOS DE PESSOAS INCAPAZ DE TAL ATENDIMENTO !

  4. TODOS SÃO RESPONSAVEIS PELA MIRTE DA CACHORRA. NEGARAM ATENDIMENTO. E SÃO MAUS IRRESPONSAVEIS AO NÃO DENUNCIAR OS DESGRACADOS DESSA EMPRESA. ERA CHAMAR VETERINARIO OU LEVAR EM UM. DAÍ MANDAR A CONTA PRA EMPRESAAAAAAA !!! PESSOAS INÚTEIS. CIDADAOS DE MEIA TIGELA. E AINDA VWM ESSAA CRIATURAS MAIS INÚTEIS AINDA FALANDO MERDA, QUE VÃO ATACAR OS FILHOS, ETC. FRASES FEITAS E MUITO PRECONCEITOOOOO !!! COITADO DESSE ANIMAL NAS MÃOS DE UM SER DESUMANO.

  5. Lamentável. Mais um acontencimento triste. Cadê o atendimento ao ser ? Qual o valor de uma vida ? A vida é frágil, não é para se brincar. Até quando isso vai ficar assim. Veiculos que trafegam numa velocidade muito alta, os órgãos publicos que prestam pouco ou nenhum serviço aos animais (falta investimento nesta área, o que temos hoje é MUITO pouco para atender a demanda), falta respeito ao próximo, e o que digo com próximo é todo e qualquer ser !!! A vida merece ser tratada de forma digna. Cade os responsáveis ? (cameras não filmaram o acidente ? o responsável não foi prontamente socorrer o animal ? as pessoas que viram, já que o serviço publico só funciona quando bem entender, não levaram a uma clinica particular – sei que as vezes a pessoa não tem condição, mas depois se discute sobre dinheiro, o importante é salvar uma vida) . E outra questão, deve-se acabar esse negócio de utilizar animais para interesse próprio e ainda mais lucrar com isso. Cão de guarda ? Coloca uma cerca elétrica e alarme. Empresas que ficam explorando os animais. Isso é uma vergonha pra sociedade. Quem colocar esse tipo de “serviço” a disposição e quem contrata. É vergonhoso. Gente, coloquem coleiras com identificação. Meu deus, mais um animal morre, tudo por causa desse caos que o homem criou. Retrocesso.

  6. Apenas informando que o SAMUVET é de responsabilidade da Diretoria do Bem Estar Animal (DIBEA) e não ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

  7. E ninguém teve a sensibilidade de pegar o animal, colocar no seu carro e levar para uma clínica de plantão? Ficou todo mundo olhando e esperando o animal morrer agonizando? Reclamam da prefeitura, mas também estamos mal de seres humanos, hein!

    1. Foi o que pensei assim que li..todos repassando a respondabilidae enquanto a vida se esvai.Cambada de covardes!

  8. É sim lamentável…a pergunta que fica, é por quê este animal anda a soltas? E se tivesse atacado meus filhos ou os seus filhos que jogam basquete na quadra do parque, a quem eu deveria recorrer? Desculpa, mas quero sim um parque cada dia mais lindo, com nossa comunidade integrada. Acidentes acontecem. Animais fogem.
    Mas as responsabilidades não podem fugir. Nem as públicas, cobradas pelo autor acima nem as pessoais cobradas agora. Abraço a todos.

    1. Com “porquê este animal anda a soltas” espero que você esteja se referindo aos humanos que presenciarem essa cena e não tiveram a capacidade de botar o animal no carro e levar a uma clínica de plantão!! Os mais perigosos são os homens, que esse anjo descanse em paz😔😔

      1. Um animal por um motivo qualquer foge, é atropelado, agoniza, ninguém ajuda e você pergunta porque o animal está solto? Saiba, que o pior animal, o mais voraz e que machuca por prazer é o ser humano!

      2. Perfeito Iris!Que esse anjo que virou estrelinha por conta da omissao dos desumanos!Descanse em paz!

  9. Tenho a informar o seguinte :
    Quando passei ,por volta das 06:30 da manhã,a cadela já estava agonizando.Quem informou o horário fo atropelamento,03:30 da manhã,foi o vigilante de uma concessionária de automóveis.Às 6:30 da manhã passou um senhor de automóvel e disse que “talvez”a cadela fosse de uma casa próxima da rótula que desce da Via Expressa,uma cachorra de guarda de patrimônio.Este senhor foi na casa e disse que lá constava uma placa com a empresa responsável pela cadela Jade.Como sei o nome dela?Este senhor ligou p a empresa e rapidamente veio um rapaz, desta empresa,de moto para auxiliar o resgate.O funcionário disse que alguém abriu o portão desta casa e a cadela fugiu.Em nenhum momento ficamos “olhando” ela morrer,afinal o dono já estava a par do ocorrido.Duas senhoras,moradoras próximas,ainda puxaram a Jade da avenida para que não fosse mais machucada ainda.Chegamos uns 10 minutos antes e tentamos ligar para os vários órgãos (i)responsáveis pelos animais abandonados.É lamentável também que o atropelador não teve a dignidade de ,pelo menos,tirar a cadela do meio do asfalto.E o carro ficou avariado,pois tinha cacos de vidro pelo asfalto.E acredito que se fez com a cadela,abandonaria também um ser humano agonizando.
    E que as empresas de “cães de guarda”sejam mais ágeis no atendimento dos animais.
    Afinal eles ficam abandonados dentro das residências e empresas.Desde às 3:30 da manhã ?Deveria ter uma identificação,plaquinha,com telefone de emergência.
    Obrigada pela atenção
    Ana

    1. Oi Ana, nesse caso, como sabe-se quem eram os responsáveis pelo animal (empresa de aluguel de cães) e estes não tomaram nenhuma providência ao saber do fato (omissão), sem prestar assistência, deixando o animal agonizar por horas até vir a óbito, deve ser feito B.O para que sejam responsabilizados. O ideal é que todos que presenciaram façam ou participem da denúncia no B.O (que pode ser feito anonimamente). Precisamos ter atitude para ter mudança. Caso contrário essas empresas seguirão atuando dessa forma, pois nada acontece. Animais não são objetos e nem escravos e precisam de nossa ajuda para que não sofram no esquecimento.

Deixe uma resposta