Homem sofre golpe do falso mecânico no bairro Abraão
Carro usado para o golpe é identificado por câmeras

Moradora do bairro Coqueiros, em Florianópolis, enviou um relato sobre o golpe do falso mecânico, que teve como vítima o seu avô, na quinta-feira (28).


Golpe do falso mecânico aconteceu no Abraão

Ontem (horário do meio dia) o Palio da foto abordou o carro do vô no bairro Abraão, sentido Bom Abrigo, avisando que estavam saindo muitas faíscas do carro. Imediatamente, o vô parou e o homem que avisou parou junto para “ajudar”. Coincidentemente, ele comunicou que era eletricista e que poderia olhar para ver se conseguia arrumar.

Meu vô abriu o capô e suspeitamos que nesse momento ele tenha desligado algum fio, pois a partir daquele momento, o carro não ligava mais. O bom moço, vestido com camisa azul com logo da Bosh, disse que sabia o que era e que poderia resolver o problema facilmente, só iria buscar a peça na mecânica dele que ficava próxima.

Enquanto ele foi “buscar”, o vô aguardou e ligou pro pai ir lá junto. Quando meu pai chegou, o homem já tinha terminando o serviço e faltava apenas o pagamento (R$130,00). O vô não tinha essa quantia, encaminhou o “ajudante” até sua casa para então pagá-lo com cheque.

Meu pai achou já suspeito (quem o conhece sabe que ele suspeita de tudo e vive de olhos abertos) portanto, pagou em dinheiro (para a pessoa não ter os dados do cheque do vô) e mandou ele embora.

Depois de tudo isso, que realmente caiu a ficha e foram pesquisar. Meu vô levou o carro em uma mecânica e confirmaram que é mais um golpe que está sendo aplicado. Graças a Deus não foi nada, mas e se esse homem quisesse mais que o dinheiro? Se meus avós estivessem sozinhos ele poderia ter entrado na casa, roubado mais coisas, etc…

Portanto fica o aviso – se alguém avisar que seu carro está soltando faíscas, não aceite ajuda, se possível nem pare. Vá até algum lugar seguro, chame alguém de confiança.

Infelizmente, não podemos mais acreditar que existam pessoas boas que queiram simplesmente ajudar. Vamos repassar a mensagem e ajudar outras pessoas que possam cair na mesma emboscada! Conosco podem ter sido só poucos reais, mas existe essa garantia?

– Por Bela Torresan, moradora do bairro de Coqueiros em Florianópolis


Atenção: caso seja abordado por alguém, com a desculpa de faíscas no seu carro, não pare, siga e ligue imediatamente para a Polícia Militar no número 190


Curta a página do Viva Coqueiros no Facebook

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina

Siga o blog do Viva Coqueiros e receba, em primeira mão, as matérias publicadas aqui.