Prefeitura investe em revitalização do Parque de Coqueiros

Ao centro, Prefeito Gean Loureiro assina a ordem de serviço, com Edinho Lemos, Secretário do Continente e o vice-prefeito, João Batista.

O prefeito Gean Loureiro assinou nesta quinta-feira, 3, a ordem de serviço para as obras de revitalização do Parque de Coqueiros, que conta com uma área total de aproximadamente 50 mil metros quadrados. Continue lendo “Prefeitura investe em revitalização do Parque de Coqueiros”

Praça Ponta da Ilhota e os problemas de convivência

Convivência entre crianças e cães soltos no bairro de Coqueiros em Florianópolis
Foto enviada pela moradora K, que reside há 10 anos em Coqueiros, na tentativa de piquenique com as crianças.

O bairro de Coqueiros, em Florianópolis, possui vários ambientes naturais (parque e praças), que são frequentados por diversas pessoas e animais. Essa convivência pode ser salutar caso as pessoas consigam respeitar as outras e ter a consciência de que nem todos estão naquele local com o mesmo propósito. Continue lendo “Praça Ponta da Ilhota e os problemas de convivência”

Ator Mario Frias apoia o evento Adote Amor em Coqueiros

Ator Mario Frias apoia o evento Adote Amor em Coqueiros
Fonte: http://oglobo.globo.com/

O ator Mario Frias apoia a Feira de adoção Adote Amor que será realizada nesse sábado (05) no bairro de Coqueiros, em Florianópolis. Continue lendo “Ator Mario Frias apoia o evento Adote Amor em Coqueiros”

Adote Amor – Feira de adoção de animais em Coqueiros

adote-feira-adocao-animais-bairro-coqueiros-florianopolis

Pessoal, no próximo sábado (05), teremos um evento muito bacana aqui no bairro Coqueiros, em Florianópolis, que investirá na relação de adoção de animais pelas pessoas que tem interesse em carinho, amor, responsabilidade e um amigo incondicional para as suas vidas. Continue lendo “Adote Amor – Feira de adoção de animais em Coqueiros”

Pastor alemão ataca Poodle no Parque de Coqueiros

O Parque de Coqueiros, localizado no bairro de Coqueiros, em Florianópolis, está passando por alguns atritos que ferem os princípios da boa convivência em área pública. A convivência entre as pessoas nunca foi tão complicada quando se trata de ocupar espaços comuns, com respeito ao próximo e à natureza. Atitudes que ferem o convívio social, como casos em que imperam o senso privado ao senso público são, hoje em dia, os problemas que passam alguns frequentadores do Parque.

Um dos problemas enfrentados pelas pessoas, no Parque, é a questão de cães de grande porte e de mordedura fatal, soltos e/ou sem focinheira. Um caso recente, que foi publicado nas redes sociais, e que nos chamou a atenção, foi o ataque de um cão da raça pastor alemão a uma poodle.

cao-ataca-outro-cao-parque-coqueiros-florianopolis

A Mell é uma poodle com 12 anos de idade. Em uma manhã, estava no Parque, com sua dona, Ana, que estava sentada em um banco, perto da administração. A pet estava na guia, de costas para o estacionamento, quando chegou um pastor alemão, sem focinheira, e, por trás, atacou a Mell.

poodel-atacado-parque-coqueiros-florianopolis

Ana relatou que foi uma violência tamanha.

Não deu nem tempo de agir. A Mell foi pega por trás e o pastor a levantou com a boca, sacundindo-a, e não tinha jeito de largá-la. Por sorte, um senhor conseguiu enfrentar o cão e forçá-lo a largar a minha cadelinha.

poodle-atacada-pastor-alemao-parque-coqueiros-florianopolis

A Mell teve ferimentos profundos. Seu pelo foi arrancado junto com a pele. Ficou semanas tendo que ir ao veterinário para refazer o curativo. Por sorte, mesmo com idade avançada, ela sobreviveu.

pastor-alemao-ataca-poodle-parque-coqueiros-florianopolis

Casos como o da Mell acontecem com mais frequência do que imaginamos. No ano passado, um poddle também foi atacado por um cão da raça rottweiler e sua orelha rasgada. O cão foi tratado, mas nunca mais quis ir ao Parque. Sua dona relatou.

Estávamos sentados perto do lago, quando um rottweiler chegou por trás e pegou o meu cão, que tem 13 anos, rasgou a orelha e tentou pegar o pescoço. Depois disso, meu poodle nunca mais quis ir ao Parque.


Curta nossa página no Facebook

O que temos que pensar é que, mesmo que o Parque seja público, atitudes que colocam em risco os frequentadores devem ser evitadas. No local, há crianças e idosos que também poderão ser feridos. O bom senso dos donos deve prevalecer. Em uma manhã de final de semana, uma senhora foi derrubada, por trás, por um cão de grande porte. Como não conseguia levantar, foi ajudada pelas pessoas que estavam por perto e carregada ao carro. O resultado foi uma ruptura de ligamento.

A sugestão do Viva Coqueiros, para que a harmonia e o bom senso prevaleçam em nossos ambientes públicos, é a de que cães de grande porte sejam conduzidos com responsabilidades, respeitando o próximo. Ou seja, os cães de grande porte devem ser conduzidos em guias, e os de mordedura fatal, nas guias e com focinheira.

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina.

Siga o blog do Viva Coqueiros e receba, em primeira mão, as matérias publicadas aqui. 

É permitida a reprodução total ou parcial deste conteúdo desde que preservada a fonte e seu link seja ativo para http://www.vivacoqueiros.com

 

Cão atravessa o mar pelas pedras da Ponta da Ilhota em Coqueiros

A pet Luli, moradora da Ponta da Ilhota, no bairro de Coqueiros, em Florianópolis, atravessa o mar, pulando de pedra em pedra.

Cão atravessa o mar Coqueiros Florianopolis
Luli na foto para Viva Coqueiros. 27/12/2014

 

Ela é uma gracinha! No alto de seus 14 anos, dá um banho de vitalidade, disposição e parceria em nossas caminhadas.

A Luli tem uma irmã novinha, a Ig, com uns 6 meses, que apronta todas! Foi a Ig que ensinou a Luli a curtir alguns momentos de pura emoção, como o que você verá no vídeo.

Cães Ponta da Ilhota em Coqueiros Florianopolis
Ig e Luli na foto para Viva Coqueiros. 27/12/2014

Se você for à Praça e Marina Ponta da Ilhota, cuide bem dessas meninas. Elas são muito mansas e gostam de carinho. Ah, e o mais importante, não deixe que o siga na estradinha, quando você for embora.

Lá vai o vídeo, que tem uma produção e sonoplastia um tanto Tabajara, mas foi feito com carinho, tá? 🙂

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis. Santa Catarina.

Doença no Parque?

Na quinta-feira, dia 09 de janeiro, foi publicada a seguinte matéria em um jornal de Santa Catarina. caes_parque_coqueiros_florianopolisO conteúdo foi compartilhado por diversas pessoas nas redes sociais, o que nos fez buscar mais informações sobre este caso. Durante uma semana, estivemos no Parque de Coqueiros, perguntando para os donos de cães sobre esse caso, e se conheciam algum pet que havia contraído as doenças citadas. A resposta foi que ninguém sabia de um caso de cinomose ou parvovirose no Parque de Coqueiros, em Florianópolis. Por isso estamos publicando aqui esta questão. Se alguém souber de algum caso, por favor, comente aqui. florianopolis_parque_pets_coqueiros Nota: a matéria esqueceu de indicar que, para cães vacinados, não há perigo de contrair as doenças.

Nota2: a matéria indica “Grande Florianópolis”, mas só escreve sobre o Parque de Coqueiros. Somos “Grande Florianópolis“?

Então, amigos, o melhor é continuar com as vacinas em dia. Bom Parque a todos!  🙂

Viva Coqueiros!

Florianópolis, Santa Catarina.