Praia do Meio vira depósito de lixo

Descarte de lixo na Praia do Meio iniciou há 25 dias

Há 25 dias, a Praia do Meio, localizada no bairro de Coqueiros, em Florianópolis, serve de ponto de depósito de lixos.

A rua André Wendhausen, localizada em um dos pontos de acesso ao mirante da Praia do Meio, acumula lixo desde o dia 04 de fevereiro. O acúmulo iniciou com o despacho de galhos que resultaram de podas de árvores, portanto, lixo seco, e se expandiu para diversos tipos de lixos recicláveis e orgânicos: garrafas, restos de comidas, sacos plásticos, peças de computadores, pilhas, baterias, escrivaninha, suporte de madeira de colchão, e muito mais que está lá para todos observarem.

Continue lendo “Praia do Meio vira depósito de lixo”

10 Mil visualizações no Viva Coqueiros!

Viva Coqueiros!
Viva Coqueiros!

Parabéns a todos os Coqueirenses de morada ou de coração!

Nosso blog atingiu 10 mil visualizações em dois meses. Realmente, é um sucesso, estimulado dia-a-dia por vocês. Nossa integração nas redes sociais oportunizou conhecer perfis fantásticos e apaixonados, literalmente, por Coqueiros.

Produzimos conteúdo que vieram das sugestões de vocês. E isso vale mais o esforço do que optar por escolher conteúdos aleatórios.

Foi, é e sempre será uma satisfação ler os comentários, e ganharmos força como comunidade. Pra frente, Coqueiros!

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Obs.: faltam duas visualizações para as 10 mil. Chame seus amigos, familiares e conhecidos. Compartilhe este post e vamos em frente, pessoal!

Calçada inglória no Bom Abrigo

Avenida Plácido de Castro, no Bom Abrigo
Avenida Plácido de Castro, no Bom Abrigo

As calçadas são caracterizadas como caminhos de uso público, que tem como objetivo o de oferecer passagem segura aos pedestres, sem que se corram riscos quanto à obstáculos que possam levar à quedas.

O proprietário que cuida de sua calçada, como se fosse a entrada de sua casa, demonstra respeito a todos os que nela passam, e preocupação quanto à segurança.

A responsabilidade da manutenção de calçadas é do proprietário, que deve zelar pela segurança de todos, assim como pela estética de tornar o ambiente mais limpo e agradável à cidade, e, também, da Prefeitura.

Muitos casos de abandono da calçada foram relatados em uma pesquisa realizada pelo portal Mobilize Brasil, que pesquisou 126 pontos urbanos, totalizando 228 ruas e avenidas em 39 cidades de todas as regiões do país. A nota média dos 228 locais ficou em 3,55. O resultado foi considerado muito baixo pois a nota mínima para uma calçada com qualidade é 8.

A pesquisa revelou a insatisfação generalizada dos moradores de Florianópolis, que teve uma das notas mais baixas, em relação a outras cidades brasileiras. A média nacional foi de 3,55 e Florianópolis com a baixíssima média de 1,5.

O que é avaliado em uma calçada?

> Largura mínima de 1,20 m, conforme norma ABNT
> Degraus que dificultam a circulação
> Outros obstáculos, como postes, telefones públicos, lixeiras, bancas de ambulantes e de jornais e entulhos
> Existência de rampas de acessibilidade
> Iluminação adequada da calçada
> Sinalização para pedestres
> Paisagismo para proteção e conforto

As calçadas de Coqueiros não fogem à regra do abandono: falta conservação, manutenção e cuidados quanto ao paisagismo e acessibilidade. A necessidade de conscientização por parte dos proprietários e da Prefeitura faz com que quem transita pelo bairro sofra com a falta de cuidados, levando à quedas.

Caso você encontre problemas em transitar em uma de nossas calçadas, envie uma foto e um relato, identificando também a localização. Quem sabe, nossa comunidade comece a pensar no próximo, oferecendo calçadas bem cuidadas, como forma de respeito aos transeuntes.

Viva Coqueiros!

Florianópolis.