Novo Plano Diretor: mudanças na Praça da Ilhota em Coqueiros

Por Beatriz Kauduinski Cardoso *

Entre um assunto e outro aqui no blog seguimos discorrendo sobre as mudanças do Plano Diretor e o impacto delas em nosso Bairro de Coqueiros, em Florianópolis.

O assunto da vez é a nossa Praça da Ponta da Ilhota. E a notícia não é boa, pois a mudança no Plano Diretor foi para pior.

A área é propriedade da União Federal e foi cedida ao município de Florianópolis para execução de praça e marina pública em decorrência de um Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público, pois um morador cometeu um crime ambiental na década de 90 e, por isso,  assumiu a obrigação de construir a praça e fazer sua manutenção.

Praça Ponta da Ilhota
Imagens: Hilton Geviéski

A praça já está instalada e gradativamente vem sendo apropriada pela comunidade. Continue lendo “Novo Plano Diretor: mudanças na Praça da Ilhota em Coqueiros”

Cão atravessa o mar pelas pedras da Ponta da Ilhota em Coqueiros

A pet Luli, moradora da Ponta da Ilhota, no bairro de Coqueiros, em Florianópolis, atravessa o mar, pulando de pedra em pedra.

Cão atravessa o mar Coqueiros Florianopolis
Luli na foto para Viva Coqueiros. 27/12/2014

 

Ela é uma gracinha! No alto de seus 14 anos, dá um banho de vitalidade, disposição e parceria em nossas caminhadas.

A Luli tem uma irmã novinha, a Ig, com uns 6 meses, que apronta todas! Foi a Ig que ensinou a Luli a curtir alguns momentos de pura emoção, como o que você verá no vídeo.

Cães Ponta da Ilhota em Coqueiros Florianopolis
Ig e Luli na foto para Viva Coqueiros. 27/12/2014

Se você for à Praça e Marina Ponta da Ilhota, cuide bem dessas meninas. Elas são muito mansas e gostam de carinho. Ah, e o mais importante, não deixe que o siga na estradinha, quando você for embora.

Lá vai o vídeo, que tem uma produção e sonoplastia um tanto Tabajara, mas foi feito com carinho, tá? 🙂

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis. Santa Catarina.

Corpo de Cão é Encontrado Enterrado na Praça da Ilhota

Pessoal, recebemos a informação de uma moradora que passeava na Praça e Marina Ponta da Ilhota, no bairro de Coqueiros, em Florianópolis, que um cão de porte grande e pelo preto foi encontrado morto e enterrado na areia da praia.

Corpo de cão encontrado enterrado na Praça da Ilhota em Coqueiros Florianópolis

O estado de putrefação em que se encontrava colocou em risco as pessoas, crianças e cães que passeiam no local. O maior problema é com o necrochorume, que é o líquido provocado pela decomposição de cadáveres que pode se infiltrar na areia da praia e  atingir lençol freático. O necrochorume é formado por substâncias tóxicas, como a putrescina e a cadaverina que, liberadas do corpo em decomposição, transmitem doenças como a hepatite A, tuberculose e escarlatina.

Veja na imagem abaixo o local em que o cão foi enterrado, e a sua proximidade com o mar.

Corpo de cão encontrado enterrado na Praça da Ilhota em Coqueiros Florianópolis

Para saber mais, a USP realizou uma pesquisa sobre o tema em Carcaça de animal é fonte potencial de contaminação da água e solo.

Caso você tenha conhecimento sobre esse tema, quais são as atitudes que o dono deve tomar sobre o destino do corpo do pet, no seu falecimento? Comente aqui para que mais pessoas sejam informadas sobre os procedimentos corretos e a quem devem procurar.

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina.

 

Barco Tombado na Praça da Ilhota Começa a ser Içado

Desde o dia 13/08, o Viva Coqueiros vem acompanhando a situação do barco que foi tombado na Praça da Ilhota, em Coqueiros, Florianópolis.

Veja a matéria inicial sobre o caso em BARCO TOMBADO NA PRAÇA PONTA DA ILHOTA

Durante todos os dias, até hoje, buscamos mais informações, e o processo é o seguinte: o barco tombou devido ao forte vento e, agora, está em vias de ser içado.

Hoje, estivemos no local e acompanhamos o içamento.

Barco Tombado na Praça da Ilhota Começa a ser Içado
Foto: Viva Coqueiros

Quando estava prestes a subir, a placa de ferro, que é prendida em cordas de aço, acaba se deslocando quando as cordas de uma das extremidades acabam se soltando.

Foto: Viva Coqueiros
Foto: Viva Coqueiros

Os trabalhos continuam, e traremos mais informações no decorrer do processo.

Viva Coqueiros! Por inteiro.

Florianópolis, Santa Catarina.